No dia em que Frei Cosme faleceu eu estava internada no Hospital Beneficência Portuguesa, em Santos, para dar à luz meu segundo filho, Manoel. Isso em 7 de maio de 1978.

Rezei pelo Frei morrendo para que protegesse meu lindo menino que eu estava ganhando.

Até hoje ele goza de saúde e só me dá alegria de viver.

Isso marcou toda a minha vida e sou grata a Deus por tudo. Agradeço a Deus por ter conhecido e vivido com Frei Cosme. Que Deus o tenha no céu, bem junto Dele.

Leia mais, em Depoimento

Virgínia Fernandes

Amiga n.º 9 de Frei Cosme

Share Button

Comentários

Sem comentários ainda.

Nome:
E-mail:
Comentário:
 Adicione seu comentário 

Comentários via Facebook


Arquivo
Busca