16 – Oscar Laragnoit Veiga

Versão para Impressão

Oscar Laragnoit Veiga

Oscar Laragnoit Veiga

  • Veiga nasceu, de família simples, em Santos, em 1943.
  • Sua história como Amigo de Frei Cosme começa já na década seguinte. Primeiro como coroinha, no Asilo da Avenida Rodrigues Alves, no Bairro do Macuco, onde um cativante frei alemão celebrava missas regularmente. Em seguida, sempre sob a orientação do frade do Valongo, passou pelos Seminários Frei Galvão, em Guaratinguetá/SP e Santo Antônio, em Agudos/SP.
  • Neste ponto, Veiga recorda as visitas do estimado mentor, que frequentemente era acometido por aflitivas crises asmáticas:

Lembro-me de diversas visitas de Frei Cosme ao Seminário, quando fazia questão de conversar com cada um de nós. Sabíamos que sofria de asma, contudo nunca o vi se lamentando.

  • Veiga saiu do Seminário, mas continuou frequentando o Valongo, próximo ao amigo e orientador.
  • Formou-se em Ciências Físicas e Biológicas, Matemática e Pedagogia.
  • Casado e pai dois filhos, sua trajetória de vida registra inúmeras experiências como professor, coordenador, diretor de escolas / entidades diversas e também como empresário.
  • Ao completar o farto rol de atividades, Veiga complementa, saudoso e emocionado:

Voltei algumas vezes em visita ao Seminário de Agudos, para matar saudades. Sempre com a certeza de que os desafios e sucessos destes meus 69 anos, devo aos bons princípios que recebi, nos seminários, para onde fui encaminhado pelo querido Frei Cosme.

  • Atualmente, o Amigo Oscar Laragnoit Veiga reside em Ribeirão Preto/SP.

Share Button

Comentários
  1. Johannes Luyten 17 de maio de 2013 11:07 Responder

    Oscar,

    Fomos companheiros no Seminario de Frei Galvão. Meu irmão Joseph seguiu de lá para Agudos junto com o José Maduro. Eu entrei em Guará em 1954 e saí em 1956. Joseph e eu éramos mais conhecidos como os “holandeses”.
    Mande noticias e seu email para contatos.

    Saudações

    Johannes

  2. German Aguirre Medeiros 30 de janeiro de 2013 16:55 Responder

    Amigo Veiga
    Antes de nada registro minha alegria ao revê-lo na Galeria dos Amigos de Frei Cosme. Que bom, juntar mais um para compartilhar e ajudar a matar as saudades de um tempo especial.
    Por falar nisso, durante recente conversa telefônica com o velho companheiro em comum, JOSÉ MODESTO LEITE, comentamos sobre dois colegas de Agudos que, acreditamos, sejam seus primos: o PAULO QUEIROGA e o LUIZ QUEIROGA. Fiquei de perguntar-lhe se sabe por onde andam e, se for ocaso, convidá-los para se juntar a nós, aqui no Site de Frei Cosme.
    Um grande abraço de boas-vindas para todos.

    German

Nome:
E-mail:
Comentário:
 Adicione seu comentário 

Comentários via Facebook


Arquivo
Busca