A título de Introdução para esta Seção, são reproduzidos abaixo, os dois últimos parágrafos do Depoimento do Amigo n.º 6 Oswaldo da Cruz.


A admiração inicial que senti evoluiu com o tempo, para um carinho imenso, veneração mesmo. Era um grande sacerdote, um digno filho de São Francisco.

 

Isso, porém não acontecia só comigo. Tal era a veneração das pessoas por ele que, quando morreu, foram-lhe atribuídos muitos milagres e sua campa, no Paquetá, sempre estava coberta de velas e flores.

Share Button

Comentários

Sem comentários ainda.

Nome:
E-mail:
Comentário:
 Adicione seu comentário 

Comentários via Facebook


Arquivo
Busca